Tim Draper: “Em Cinco anos, Criptomoedas Serão Principal Meio de Pagamento”

Tim Draper é um nome de destaque entre os que buscam oportunidades no Vale do Silício. Oriundo de uma família de investidores do chamado “capital de risco”, investiu no Skype e na Tesla. Em 2014, passou a apostar sério no bitcoin e na tecnologia blockchain.

Segundo Draper, em cinco anos as tradicionais moedas fiduciárias serão substituídas pelo bitcoin como principal meio de pagamento e irão transformar o comércio mundial.

Em entrevista à CNBC, Draper falou sobre o que acredita ser o futuro. “Como investidor, nunca estive tão empolgado. E olha que estava lá no início da internet”, disse o investidor, também conhecido por ter sido um dos primeiros a apostar nas novas tecnologias surgidas no nascimento da internet.

Ele argumenta que dentro de pouco tempo o bitcoin e outras moedas criptografadas serão o nosso principal meio de pagamento, inclusive para comprar um café na rede Starbucks, exemplificou.

“Em cinco anos, nenhum de nós usará moeda fiduciária”, cravou.

Draper transformou-se num entusiasta das criptomoedas e normalmente refere-se ao bitcoin como a “moeda do futuro”, classificando-a como mais segura do que os dólares que mantém no banco. Seu otimismo não é abalado nem pelo noticiário negativo após ter apoiado a polêmica ICO da Tezos.

Mais segurança

O investidor encara as criptomoedas como uma nova forma de armazenar riqueza e transferir dinheiro, de forma alternativa ao status quo. Entre as qualidades enfatizadas por Draper, estão a segurança e sua globalização, alheia às questões políticas. Conforme declarou em outras entrevistas, a tecnologia das criptomoedas poderia até transformar os cidadãos que hoje são excluídos do sistema bancário em “bancarizados”.

Draper ganhou destaque no mercado de criptomoedas depois de arrematar, em 2014, quase 30 mil bitcoins em um leilão da US Marshals. A agência integra o departamento de Justiça americano e realiza leilões de criptomoedas apreendidas em investigações.

Em entrevista também concedida à CNBC, em dezembro passado, Draper confirmou que seguia com investimento em carteira – o que faz com que tenha mais de US$ 320 milhões em bitcoins no preço atual.

Via Portal do Bitcoin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *