Relação entre o Preço do Bitcoin e as Pesquisas no Google

Há muito tempo já se fala sobre a relação entre as pesquisas do Google sobre bitcoin e o seu preço. Muitos dizem: Quer saber para onde vai o bitcoin? Pergunte ao Google.

Em uma conversa com a CNBC, Nick Colas, um pesquisador da Datatrek Research, sugeriu que a chave para saber o próximo rali do bitcoin é observar as buscas do Google e a criação de novas carteiras digitais, dois dos quais diminuíram em janeiro.

Colas disse:

“Ao olhar para o número de pessoas que procuram a palavra” bitcoin” no Google, que tem aproximadamente uma participação de mercado de 60% das pesquisas globais, temos um bom senso de onde o interesse está”, acrescentando: “Os dados nos mostra exatamente as mesmas tendências de preços que vimos nos últimos 90 dias.”

Menos pessoas têm procurado bitcoin e isso está sendo refletido no preço do bitcoin. Concluindo que as pesquisas do Google, mostram um indicador definitivo para “breakouts” e “pullbacks” no preço da criptomoeda.

No Gráfico abaixo conseguimos comprar essa relação. O gráfico é do Google trends e representa as pesquisas do mundo inteiro para a palavra ”bitcoin” nos últimos 12 meses.

Se você o comparar com o gráfico de preço do bitcoin, encontrará grande similaridade.

Outro fator interessante também a ser observado é a quantidade de novas carteiras criadas. Se você observar os dados da carteira blockchain.info por exemplo, verá que em dezembro, quando o bitcoin atingiu seu recorde de preço, houve um aumento exponencial em relação aos meses anteriores. O mesmo pode ser observado na Coinbase, outra gigante de serviços de carteira de criptomoedas.

Via Portal do Bitcoin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *