Cofundador da Apple Concorda com CEO do Twitter: “Bitcoin Deve ser Única Criptomoeda Global”

Steve Wozniak, cofundador da Apple, empresa de tecnologia mais valiosa do mundo, disse que o Bitcoin pode se tornar a única criptomoeda global, em uma entrevista à CNBC na  segunda-feira (04). Wozniak participava da conferência Money 20/20, que acontece esta semana em Amsterdã, na Holanda.

Durante a conversa, Wozniak citou Jack Dorsey, CEO do Twitter, que, ao longo de sua participação na conferência Consensus, em Nova York, no mês passado, disse esperar que a moeda nativa da internet seja o Bitcoin.

“Eu concordo com o que Jack Dorsey disse. Não que eu, necessariamente, acredite que isso vá acontecer, mas porque eu quero que seja assim, é um sentimento puro e verdadeiro”, disse Wozniak.

Embora Wozniak não seja um grande investidor, ele é um grande entusiasta da criptomoeda e do novo mercado financeiro digital. Ele foi assertivo sobre o aspecto que limita a quantidade de BTCs comparado a outros criptoativos.

“Apenas o Bitcoin é puro ouro digital… e eu compro essa ideia”, enfatizou Wozniak, que na Apple foi pioneiro na iniciativa de colocar computadores disponíveis para o consumidor comum. Ele fundou a empresa com Steve Jobs em 1976.

Wozniak também falou sobre uma das ‘virtudes’ do BTC, dando o exemplo da sua descentralização: “Para se ter um modelo de negócio, a primeira preocupação que se deve ter, neste aspecto, é a descentralização. O bitcoin é totalmente descentralizado e não tem controle central”.

No início deste ano, o cofundador disse que vendeu seus bitcoins quando o preço disparou, ela havia comprado quando a criptomoeda custava cerca de US$ 700.

Na ocasião, ele disse também à CNBC que foi apenas uma experiência para tentar comprar algumas coisas com a criptomoeda e ver como seria; a intenção não era ser um investidor.

“Parte da minha felicidade é não ter preocupações, então eu vendi tudo, exceto o suficiente para continuar experimentando”, disse Wozniak, que ainda possui 1 Bitcoin e 2 de Ethereum.

Assim como Wozniak vê o Bitcoin ele também enxerga uma ‘nova Apple’ no Ethereum. Recentemente ele disse que a rede o interessava porque pode fazer coisas e porque é uma plataforma que pode ser tão influente quanto a Apple no longo prazo.

Via Portal do Bitcoin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *