CEO do Twitter: “Espero que a Moeda Nativa da Internet Seja o Bitcoin”

O diretor-executivo do Twitter, Jack Dorsey, mostrou-se em sintonia com o panorama atual das criptomoedas e um tanto otimista em relação ao futuro do novo mercado, durante sua participação na Consensus, em Nova York, nos Estados Unidos, na última quarta-feira (16).

Segundo a Bloomberg, Dorsey chamou a atenção de uma multidão de entusiastas ao traduzir, de forma clara, suas ideias.

“A internet merece uma moeda nativa; ela terá uma moeda nativa”, disse Dorsey no último dia do evento a Elizabeth Stark, diretora-executiva do Lightning Labs que o entrevistou.

O CEO também deu um pitaco sobre qual seria essa moeda nativa ao comentar sobre a mais famosa de todas, o Bitcoin.

“Eu não sei se vai ser Bitcoin ou não, mas espero que seja”, afirmou.

Não foi a primeira vez que o chefe do microblog se atentou a falar com apreço das criptomoedas. Em 2016 ele já expressava a ideia de moeda nativa quando publicou em sua conta do Twitter: “Adoraria ver uma moeda digital prosperar”.

Em 2014, Dorsey ajudou a promover o Bitcoin na empresa de pagamentos fundada por ele em 2009, a Square, com sede em São Francisco, nos Estados Unidos.

A companhia passou a permitir negociações com bitcoins, o que gerou um certo desconforto interno na instituição, pois parte da equipe não era entusiasta como ele.

Desde então, a Square tem trabalhado para expandir a todos os usuários do seu aplicativo ‘Cash app’ a operação com Bitcoin, a qual permite o envio e recebimento de dinheiro entre amigos e familiares.

O dirigente comentou sobre os conflitos gerados dentro da Square depois da implantação da criptomoeda:

“Eu vou ser sincero, teve bastante discordância dentro da empresa”, disse Dorsey”.

Ele relatou que até hoje há debates e até sérias discussões sobre o assunto, pois muitos ainda se comportam de maneira incrédula. No começo, a maioria da diretoria já era resistente à nova tecnologia.

De acordo com o relatório financeiro divulgado pela Square, a empresa gerou receita de US$ 34,1 milhões com negociações em bitcoins no primeiro trimestre deste ano.

No entanto, o lucro foi de apenas US$ 200 mil devido ao investimento inicial de US$ 33,9milhões.

Via Portal do Bitcoin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *