Bolsa de valores jamaicana incluirá criptomoedas às negociações

A bolsa de valores da Jamaica (Jamaica Stock Exchange, ou JSE) pretende incluir criptomoedas às categorias de investimento da instituição. Na terça-feira, a JSE assinou um memorando de entendimento com a startup Blockstation para incluir negociações com moedas digitais em seu sistema até o fim do ano.

Embora ainda não esteja claro quais serão os criptoativos incluídos na plataforma, o acordo prevê que a Blockstation deve prover a tecnologia para a implementação do projeto,enquanto a JSE oferecerá sua infraestrutura.

Marlene Street Forrest, diretora de gestão da bolsa, disse por e-mail à reportagem do Coindesk que continuará estudando maneiras da tecnologia blockchain beneficiar a plataforma da JSE e seus clientes. A companhia pretende lançar sua própria criptomoeda no futuro.

Street Forrest comenta, porém, que não tem pressa para implementar o sistema na JSE, preferindo aperfeiçoá-lo para melhorar adequar às necessidades de seus clientes. Ela escreve que o projeto será aplicado de forma “gradual”:

Temos um comitê diretivo que foi criado e formulado para avaliar o produto da Blockstation, para observar a tecnologia blockchain de modo geral e ir adiante nas fases [do projeto] para compreendermos no que estamos nos envolvendo e para ficarmos treinados com tudo o que envolva negociações de criptoativos.

O co-fundador e CEA da Blockstation Jai Waterman, disse ao canal de notícias que sua empresa vem trabalhando com a JSE há seis meses para desenvolver uma plataforma adequada à bolsa. Para se adequar às regulamentações locais, o sistema inclui mecanismos de identificação de manipulação de preços, entre outras especificações.

Waterman disse à reportagem do Coindesk:

Nossa missão é fornecer… um método seguro para negociar criptomoedas com corretores e bolsas de valores. […] Estamos oferecendo à empresa a tecnologia, assim, de ponta a ponta, o ciclo de vida das negociações pode ser feito do mesmo modo com blockchain e criptomoedas.

Via Portal do Bitcoin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *