Bitcoin Já é Negociado Abaixo dos US$ 10.000; Altcoins continuam em Queda

O mercado das criptomoedas amanheceu operando em baixa, dando sequencia a forte queda de ontem. Na Bitfinex, a exchange com maior volume de negociação de bitcoin do mundo, o bitcoin já perdeu os US$ 10.000 e chegou a ser negociado em US$ 9.750.

O bitcoin agora está 50% abaixo do seu recorde de preço, de US$ 20.000, alcançado no dia 17 de dezembro. Apesar da queda, é importante notar que US$ 10.000 era o preço dele a menos de 2 meses. Porém, em 2018, o bitcoin acumula uma desvalorização de 25%.

Em janeiro do ano passado, entre o dia 5 e dia 12, o bitcoin caiu aproximadamente 40%, saindo de US$ 1.160 e chegando a US$ 730. Janeiro normalmente é um mês conturbado para o bitcoin.

No Brasil, o bitcoin também opera em forte queda e alto volume. Nas últimas 24 horas, mais de 4600 BTC foram negociados nas exchanges brasileiras. Por volta das 9:30 da manhã, o bitcoin é negociado por volta dos R$ 35.000.

Altcoins permanecem em queda livre

Não está fácil para ninguém. Após diversas criptomoedas terem despencado até 50% ontem, elas operam em mais um dia de queda.

O valor de mercado das criptomoedas atinge seu menor valor desde o dia 22 de outubro, quando o mercado também teve outra forte queda.

A queda era previsível?

Quando o valor de mercado das criptomoedas superou US$ 500 bilhões em meados de dezembro, o criador da Ethereum, Vitalik Buterin, afirmou estar pessoalmente preocupado com o valor atribuido a da maioria dos projetos no mercado.

Ele questionou se o mercado e os projetos dentro dele fizeram o suficiente para justificar um valor de mercado de US$ 500 bilhões. Enquanto Buterin enfatizava que as criptomoedas como bitcoin e Ethereum definitivamente forneceram serviços suficientes para o público em geral e os consumidores, eles não fizeram o suficiente para justificar seus valores de mercado.

As vezes uma forte correção é bom para o mercado a longo prazo, pois cria uma base mais sólida para o crescimento. É importante notar também que, apesar da queda, nos últimos 365 dias, o bitcoin continua com uma valorização superior a 1.000% além de diversas outras criptomoedas que continuam com uma valorização muito superior a essa.

Via Portal do Bitcoin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *