Bitcoin em US$ 50.000? Criptomoedas em US$ 1 Trilhão? Para Analistas é Possível em 2018

O mercado vem se recuperando de sua recente queda onde chegou a ficar abaixo dos US$ 6.000, uma queda superior a 65% desde o seu topo, em dezembro do ano passado.

Durante uma entrevista na CNBC, um especialista disse prever o bitcoin em uma corrida de alta maior que a do ano passado, levando o bitcoin a US$ 50.000.

Thomas Glucksmann, chefe do desenvolvimento da exchange de criptomoedas Gatecoin, observou que o reconhecimento regulamentar, o desenvolvimento tecnológico e a entrada de capital institucional contribuirá para o impulso deste ano.

Ele afirmou:

“O aumento do reconhecimento regulamentar das corretoras de criptomoedas, a entrada de capital institucional e os principais desenvolvimentos tecnológicos contribuirão para a recuperação do mercado e impulsionarão os preços das criptomoedas para novos níveis este ano”

Para Glucksmann, não há motivo para não ver o bitcoin chegar em US$ 50.000 até dezembro.

Um dos desenvolvimentos tecnológicos a que ele faz referência é a Lightning Network, o que abriria a possibilidade de microtransações para o bitcoin, o que atualmente é quase impossível devido às taxas.

Recentemente, os canais de pagamento da Lightning Network ultrapassaram 1.000 na mainnet.

Outro possível catalisador para a recuperação poderia ser a liberação de um instrumento com suporte em criptomoedas listado em uma grande bolsa. Enquanto a CME e a CBOE já lançaram produtos futuros de bitcoin, a Nasdaq revelou recentemente que “continua investigando” esses produtos.

Como a CNBC ressalta, ainda não há ETF de bitcoin no mercado. Um fundo ETF, negociado em bolsa, permitiria que as pessoas negociassem bitcoin sem ter que comprar a criptomoeda.

O CEO da empresa de capital de risco Outlier Ventures, Jamie Burke, observou que o aumento surpreendente no mercado de criptomoedas no ano passado poderia ser superado neste ano.

Ele afirmou acreditar que depois de fevereiro o mercado voltará a subir atingindo a marca de trilhões de dólares.

Um dado interessante a ser notado é que em janeiro deste ano, no auge do mercado, o valor de mercado das criptomoedas chegou a US$ 830 bilhões.

Via Portal do Bitcoin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *