Bitcoin Consensus: “Dólar Vai Continuar Moeda Dominante”, Diz Representante do FED

“Sinto que estou entrando na cova dos leões aqui”, disse Jim Bullard, o representante do Banco Central Americano (FED), ao entrar no auditório lotado da Consensus, maior evento de Bitcoin do mundo, que começou nesta segunda-feira (14).

A referência do presidente do órgão em St. Louis era em relação à possível hostilidade a um representante de um banco central em um evento de criptomoedas. Apesar disso, a palestra transcorreu bem mesmo quando Bullard defendeu o dólar:

“Está em grande forma hoje e vai continuar assim. O dólar vai continuar a moeda dominante a não ser que a gente ferre com ele”.

O economista lembrou sobre a natureza de uma moeda, que em si seria um objeto sem valor, mas que tem valor porque outras pessoas a aceitam.

Sobre o que ele chamou de moedas privadas, Bullard afirmou que elas poderiam facilitar transações que sem elas poderiam não ocorrer. Ao mesmo tempo, porém, poderiam levar a um caos de taxas de câmbio.

Sem FedCoin na Consensus

Sobre o boato de uma possível criptomoeda emitida pelo próprio FED, disse que não via nenhuma vantagem no momento. O executivo estava respondendo aos comentários de Kevin Warsh ao The New York Times. Warsh foi cotado para assumir o FED em 2017, quando o presidente Donald Trump escolheu nomear Jerome Powell. Caso tivesse assumido o cargo, ele disse que criaria uma equipe para pensar em uma “FedCoin”.

Sobre o futuro, ele acredita que a competição entre moedas digitais vai continuar existindo. “Há uma ideia circulando de que o vencedor ganha tudo, como poder ser o caso do Bitcoin, mas é improvável que aconteça”.

A questão central sobre as criptomoedas, argumentou, é a mesma do que em qualquer dinheiro — depende da credibilidade para honrar compromissos futuros. Por fim, Bullard argumentou também que o dinheiro privado e o emitido pelo governo podem coexistir em equilíbrio facilitando trocas de que não existiriam de outra maneira.

Via Portal do Bitcoin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *